terça-feira, agosto 25

Capítulo 4 - Nyo yppii nooiiipyy! - revelou o inseto.

Quando o inseto fez a grande revelação que todos estávamos esperando, Edith se estupefactou. Primeiro, porque nyo yppii nooiiipyy, por si só, já é uma coisa chocante. Segundo, eles contaram isso ao inseto, não a ela, o que é mais chocante ainda. A verdade era que Edith não aceitava o fato de seus amigos entomologistas terem sido tão maus com ela durante tantos anos. Logo ela, que não queria ser o membro dissidente após tamanha dedicação fraternal à Fraternidade do Zíper Vagabundo, fundado em 29 por Marc de Sungs Jacobs Dessaias Boris Tramnhöver Eclaire. Marc de Sungs Jacobs Dessaias Boris Tramnhöver Eclaire era dono de uma famosa fábrica de batons em Montmartre, o Baton Rouge, da qual a garota propaganda era Nicole Kidney (como vocês viram na foto, ela recebeu um pulmão do próprio Elvis da Pelvis e outro do australiano Ossie Artery, tocador de realejo e fumante incurável, o que permitiu que ela sobrevivesse à tuberculose causada pelos batons Rouge. Os dois ainda estavam vivos na época do transplante, o que rendeu muito assunto à imprensa).
Bem, Nicole Kidney e Marc de Sungs Jacobs Dessaias Boris Tramnhöver Eclaire (ele não aceita que não escrevam o nome dele inteiro) se conheceram no verão de 1910, fazendo topless no sul da Itália, e foi Biefefice à primeira vista. Ele a convidou para a Baton Rouge e oh la la, ela aceitou, contanto que fizesse um ensaio sensual com Ewan Mcgregor Dessaias, primo de Marc de Sungs Jacobs Dessaias Boris Tramnhöver Eclaire. Como nenhum dos dois eram chegados em XX, o ensaio sensual acabou saindo sem ela.
Tudo isso para chegar na Fraternidade do Zíper Vagabundo.
Marc de Sungs Jacobs Dessaias Boris Tramnhöver Eclaire ganhou muito dinheiro com a Baton Rouge - Batons de Montmartre e como todo famoso, exemplo Bono Vox, ele resolveu abrir uma instituição de caridade e fazer doações constantes. Assim surgiu a Fraternidade do Zíper Vagabundo, que consiste em doar sapatos de cafetão com zíper para vagabundos e pessoas necessitadas de sapatos que viviam nas ruas de New York. O zíper era uma melhoria, pois os cadarços do antigo modelo embolavam com as correntes, o que não era nem um pouco fashion, nem um pouco prático, nem um pouco cafetão-style.
Edith se dedicou a essa Fraternidade durante quase cinquenta anos, e já era até considerada uma Irmã Dulce dos dessapatados. Foi então que a briga com os amigos entomologistas a afastou da organização e de todas as festas na casa de T.

oh, não! - exclamou Edith. - Vou matá-los!

Nyo yppii nooiiipyy era muito pouco para matar alguém, mas Edith tinha uma faca de cozinha e um Salvador card ilimitado, que poderia levá-la até a casa de um por um para realizar a operação sem gastar um centavo. Mas o inseto foi maisrápidoeaacertoucomumafrigideira. TÓIN!
Edith caiu, desacordada.

Um comentário:

Elfa disse...

Ó, frigideiradas são terríveis! Quando mila era menor já me deu uma, pior que nem pude fazer nada, ela tinha 1,5 anos, apenas.